Blog Em Dia

com Racib Idaló


21/12/2017

'Não há nada tão ruim...' Mesmo 'proibida', terceirização de UPAs permanece e é 'verdadeiro desastre' na cidade




Tem um ditado antigo que começou a virar regra na atual administração municipal de Uberaba: “não há nada tão ruim que não possa piorar”... Se a bronca com a Pró-Saúde era grande quando esta era a terceirizada das UPAs de Uberaba, agora a coisa piorou ainda mais.
A Funepu _ fundação ligada a UFTM – que perdeu grande parte do motivo de sua existência, já foi constituída para ajudar na manutenção do Hospital da Clínicas, mas depois da criação do EBSERH perdeu quase que a sua função, é a atual terceirizada das UPAs, e as broncas são muitas...Sem esquecer que a Funpeu, mesmo antes de assumir as UPAs já enfrentava problemas financeiros.
Mesmo com a decisão judicial que já determinou que a terceirização da Saúde em Uberaba, promovida pelo senhor Paulo Parado Piau, é ilegal, o atual prefeito ainda mantém a terceirizada no comando das UPAs.
A Funepu diminuiu o quadro de funcionários das UPAs em relação a Pró-Saúde, e pior colocou funcionários inexperiente, mas com indicações políticos.
Segundo fontes, prefeito, deputados (Marcos Montes e Tony Carlos) e vereadores fizeram a “festa” na indicação de gente para as UPAs...
E a reclamação sobre o atendimento ruim é grande nas UPAs...