Blog Em Dia

com Racib Idaló


15/10/2019

Piau pode ter recorde de defasagem, e 'bate' cidade maior em 2x no quadro funcional




O atual, e ainda, prefeito de Uberaba vai conseguir algo inédito nos últimos 15 anos. Paulo Parado Piau (MDB) vai bater mais um recorde negativo ainda no comando da Prefeitura de Uberaba. Com o orçamento do Município para 2020 já enviado à Câmara Municipal de Uberaba, Piau confirmou que os servidores municipais não terão aumento real de salários no ano que vêm.
O recorde é porque Piau completa no ano que vem quatro anos do segundo mandato, e o servidores terão passado uma gestão inteiro sem aumento real. Lembrando que o reajuste dado esse ano foi apenas a reposição da inflação dos últimos três anos, já que o mesmo ficou sem dar aumento algum por três temporadas.
Ou seja, os servidores vão ficando a cada ano com os salários mais defasados, já que as coisas não param de subir. O problema é que 80% dos cerca de 12 mil servidores municipais de Uberaba ganham algo em torno de um salário mínimo, ou pouco mais. Lembrando ainda que Franca, que, segundo IBGE, é maior que Uberaba em 20 mil habitantes, tem sete mil servidores. Uberaba, no entanto, com 333 mil habitantes (IBGE), tem nada menos que 12 mil servidores, ou cinco mil a mais que Franca. A cidade paulista tem 353 mil habitantes. Enquanto naquela cidade o número de servidores representa 2% da população, em Uberaba os servidores representam, nada mais que quase 4% da comunidade. Uberaba tem quase o dobro de servidores. É o famoso “cabide de empregos”... Claro, atendendo as costuras eleitorais...
Um absurdo.