Blog Em Dia

com Racib Idaló


07-11-2019

Contratos de rastreamento e locação de veículos em autarquia - 'lado a lado' - levantam suspeitas



Dois editais publicados ontem juntos pela CODAU, que deveria ser a autarquia da Prefeitura de Uberaba responsável por água e esgoto, chama a atenção. No mínimo, estranhos... Em um edital, como você vê os dois no detalhe, é de extrato de extensão de um contrato, e o outro, de homologação, pasmem, por dois anos de contrato, de locação de veículos.

O que chama a atenção é que a extensão do contrato, no valor de R$ 144 mil por um ano de contrato (o que é o correto, já que o mandato do atual prefeito termina em um ano), é de uma empresa de monitoramento e rastreamento de veículos. Apesar do alto valor, que dá R$ 12 mil por mês, para cobrir 150 veículos, onde estão todos estes veículos? E se tiver este número, a maioria é locada. Ou seja, a CODAU não tem responsabilidade de rastrear veículos terceirizados, isso é de responsabilidade da empresa. Mas...

E no outro edital, para justificar a informação do BLOG sobre o número excessivo de carros locados, é de locação de oito veículos novos da San Marco. Comprovando a terceirização da frota da CODAU. E neste caso, chama a atenção contrato de dois anos, que garante contrato para empresa mesmo depois que Luiz Neto e Paulo Parado Piau saírem da CODAU e Prefeitura, respectivamente, no final do ano que vem.

Precisa falar mais?